Impressões: Razão e Sensibilidade (Sense and Sensibility) 2008

   Dos romances publicados de Jane Austen, Sense and Sensibility (Razão e Sensibilidade) é o meu terceiro preferido, logo atrás de P&P (Orgulho e Preconceito) Persuasion (Persuasão), e eu adoro assistir as adaptações dos livros para o cinema e televisão. Há algum tempo consegui assistir a última (pelo que eu sei) adaptação de Sense and Sensibility para a televisão, é uma minissérie de 2008, desenvolvida em 3 capítulos e produzida pela BBC britânica. Já havia um bom tempo que eu estava querendo assisti-la. 

883929006007

   Achei aquele início da série bem picante para uma obra de Jane Austen e, confesso, demorei bastante para entender a razão daquela cena, no entanto, vários pontos positivos marcaram a serie e encobriram o “erro” da primeira cena. Fiquei satisfeita com essa adaptação, gostei, principalmente, da atuação de Hattie Morahan como a querida Ellinor Dashwood, achei que depois de Emma Thompson no papel, não existiria outra Ellinor para mim, mas me enganei, a Emma continua sendo a minha preferida, sem dúvida, mas a Hattie conseguiu me cativar de verdade. Agora vou atentar para algo que me deixou completamente decepcionada: a escolha do ator para interpretar o Willoughby (Dominic Cooper). Nunca detestei tanto um personagem em toda a minha vida, mas, como pra tudo há uma primeira vez, essa versão de Willoughby não me escapou, na minha opinião, o ator não interpretou o personagem dignamente,  já tinha visto le em Mamma Mia e achei que ele fez um bom trabalho mas, nessa minissérie, ele foi decepcionante, sua forma de dar vida ao personagem foi obscura em demasia e ameaçador, só que de um jeito bem forçado; nada nele (atuação) me lembrava de Willoughby. Fico com a minha preferência a Greg Wise mesmo (desculpa Dominic, mas não foi dessa vez :s)

https://deskubrase.files.wordpress.com/2015/03/dcdcb-senseandsensibilitylead2_396x222.jpg?w=396&h=222
esq-dir: Edward, Brandon, Willoughby, Ellinor e Marianne

Com relação a atuação da atriz que interpretou a Marianne (Charity Wakefield), eu teria gostado mais dela se não tivesse visto a Kate Winslet no papel mas, ainda assim, ela fez um bom trabalho ao meu ver. O ator que interpretou o Edward (Dan Stevens) foi simplesmente maravilhoso e, ouso dizer, melhor do que o Hugh Grant, achei este último um tanto (ou muito) pateta na adaptação de 95 mas, voltando ao Stevens, ele é sempre um verdadeiro gentleman (para os padrões da época) e quem acompanha Downton Abbey vai concordar comigo, tenho certeza. Agora vamos falar do col. Brandon, gente, que  o David Morrisey manda muito bem nas telas, não é nenhuma novidade para quem já o viu atuando, mas eu babei e babei por ele nessa msérie, ele fez seu trabalho tão bem que eu pude, inclusive, igualá-lo ( e não compará-lo) ao Alan Rickman (Brandon em 95)  na questão eficiência! Eu poderia ficar aqui horas fazendo uma análise completa da msérie e de todos os personagens, mas eu acho que vocês não iriam querer ler.

tumblr_mgjm2aGkY41qhen3to1_500

   Para finalizar, só mais uma observação: que lugar maravilhoso que escolheram como cenário! Dava até vontade de passar uma temporada inteirinha lá, não sei onde foi, se realmente foi em Devon mas, vou procurar saber depois. E é isso, espero que vocês tenham gostado, fiz o máximo para não soltar spoiler e só vocês podem me dizer se eu consegui (rs). Recomendo a leitura do livro, é realmente maravilhoso e recomendo também que vocês assistam a essa adaptação, vale muito à pena! 

Fiquem com o trailer da minissérie s2.


Fotos: Pinterest

* Post publicado originalmente em 01/09/2013, agora com algumas edições.

Anúncios

Sobre Death Comes to Pemberley (a minissérie)

A minissérie de 3 episódios Death Comes to Pemberley (ou Morte em Pemberley, como é chamada aqui no Brasil) é uma adaptação feita pela BBC One do livro de mesmo nome escrito por P.D. James. Trata-se de uma espécie de continuação de Orgulho e Preconceito da nossa querida Ms. Jane Austen. Foi dirigida por Daniel Percival ( o mesmo que dirigiu com sucesso outra adaptação de Orgulho e Preconceito, a minissérie Lost in Austen),  A sinopse é basicamente a seguinte: Darcy e Elizabeth estão casados há seis anos e tem dois filhos (apesar de, na minissérie eu ter visto apenas um deles, no livro eles tem dois filho) e a gente vê mesmo as coisas rolarem quando uma carruagem traz a mil Lydia desesperada e alegando que Wickham foi assassinado. Começa a partir daí, então, uma busca para encontrar o suposto corpo de Wickham e seu também suposto assassino. Vocês vão perceber no desenrolar da trama que as coisas são muito diferentes daquilo que a gente imagina, a impressão que algumas das cenas passa e o seu verdadeiro significado, são coisas totalmente opostas.

Death Comes To Pemberley Season 1 - Cover DVD Serie

Agora sobre os atores que interpretaram nosso casal Elizabeth e Darcy…

 
Gostei bastante da escolha para interpretar Elizabeth, Anna-Maxwell Martin é uma ótima atriz e fez ótimos trabalhos interpretando Susan Gray em The Bletchley Circle (2012-), Bessie Higgins em North and South  (2004) e Cassandra Austen ( a irmã de Jane – Anne Hathaway) em Becoming Jane (2007) (esses são os papeis que me lembro no momento) e como Elizabeth não foi diferente. Eu percebei que muitas pessoas não gostaram da escolha pelo fato da atriz ser mais velha e ter um rosto com aparência meio abatida. Eu concordo que ela não tem tanta “presença” como Jennifer Ehle  e Keira Knightley , mas gostei  bastante da atuação dela na série. 🙂

https://deskubrase.wordpress.com/wp-admin/post-new.phphttps://deskubrase.files.wordpress.com/2015/03/323ec-darcypemberley_2774680b.jpg?w=620&h=387

Quanto a Darcy, que foi interpretado por Matthew Rhys (foto acima), ainda não tinha acompanhado nenhum trabalho dele anteriormente, então eu realmente não sabia o que esperar. A princípio eu não tinha gostado muito dele, na época, confesso, por preconceito besta relacionado à sua aparência. No entanto, o que contou no final foi a sua atuação. Gostei bastante, apesar de não conseguir enxergá-lo como Mr. Darcy.

No que se refere ao restante do elenco, adorei a atuação de Matthew Goode interpretando Mr. Wickham,; gostei de Lydia também, continua tão dramática como a Lydia que nós conhecemos só que com a mente um pouco mais madura; Já tinha visto a atriz que interpretou Georgiana quando ela era mais novinha (Eleanor Tomlinson) e a mesma não decepcionou; Gostei também de Mr. Bennet e achei o Colonel Fitzwilliam muito diferente do que eu tava acostumada em O&P.

DeathComesToPemberley1x02HDTVXviDAFGs

Na minha opinião a série foi interessante e empolgante. Como ainda não li o livro, não posso fazer uma comparação pra saber se ela foi fiel ao mesmo (nunca encontrei uma que fosse fidedigna, rs), mas estou muito curiosa para lê-lo logo. O preço na internet tá chegando nos 40 dinheiros (livro no Brasil é muito caro, não consigo aceitar isso, :/), então, assim que der, vou comprar.

Por fim, recomendo mesmo a minissérie e espero que vocês tenha gostado da resenha. (tentei não dar spoiler, espero que tenha conseguido)

Fotos: Pinterest

*Post publicado originalmente em 16/02/2014, agora com algumas edições.